quarta-feira, 2 de abril de 2008

Agridoce

Eu descobri que o segredo é que não tem segredo. Você tem que ser você mesmo todos os dias. Sem máscaras, sem segredos, sem frescuras.
Gente, basta um dia depois do outro pra você reconhecer que a vida continua e é tudo assim mesmo. Um dia você está aqui, outro dia está lá, as contas chegam do mesmo jeito, o guarda roupa desatualiza, suas botas estão desbotando, seus saltos já estão assim meio tortinhos na borrachinha...
Basta uma pequena cagada na vida pra gente dar valor ao que se tinha antes, ao que não se dava valor. Se conseguir recuperar, recupera, se não conseguir, levanta a cabeça, sacode a poeira e coloca o que estiver sujo na máquina de lavar roupa no ciclo 1, com água quente e vanish poder O2 de preferência. E como Já dizia Raul: "prefiro ser uma metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo". Eu sou uma lagarta minha gente, e lagartas viram borboletas e borboletas pisam na merda. Mas também distribuem o pólem que há pelo mundo. Com a ajuda das abelhas, é claro. E ainda bem que eu tenho abelhas rainhas nessa minha vida.
Falei, falei, se você entendeu é porque me conhece, se não entendeu, deixa pra lá, eu sou só mais uma louca nesse mundo mesmo!

4 comentários:

Azrael disse...

escorpianos sao bem vindos?

ei... eu ME li nesse texto, eu penso EXATAMENTE assim cara

"Eu sou uma lagarta minha gente, e lagartas viram borboletas e borboletas pisam na merda. Mas também distribuem o pólem que há pelo mundo"

CA-RA-LHO esse pedacinho disse TUDO nem comento nada depois disso

Disturbed Angel disse...

Ehhhh!!!! um post da Tula! rsrsrs
Não é que é mesmo verdade isso que falas-te?!... "Basta uma pequena cagada na vida pra gente dar valor ao que se tinha antes, ao que não se dava valor."

Seja bem vinda minina!!!
=)
Beijos!!
**

Tatiane disse...

Azrael, se estiver lendo, saiba que será muito bem vindo, capricornios ou não. =)

Taty Sputnik, disse...

Eu não fico pisando em merda não! >/